A parceria entre Inec, Banco do Nordeste do Brasil e Water.org tem o objetivo de combinar tecnologias sociais de segurança hídrica, cooperação internacional e microfinanças para alcançar a melhoria na qualidade de vida das famílias agricultoras que vivem no semiárido. Esta proposta nasce da convergência entre as missões das três instituições e traz estratégias inovadoras para dar novas cores às paisagens do sertão.

A água que corre no semiárido nutre as mais diversas expressões de vida: desde o cotidiano das famílias agricultoras, passando pela plantação e o rebanho, chegando ao solo e aos rios que compõem o território. A família sertaneja é a maior conhecedora do valor da água. À parceria de longa data entre Inec e BNB vem se juntar a ONG internacional Water.org resultando no Projeto Agroamigo Água. Através da cooperação técnica e do investimento em capacitação e comunicação, esse conhecimento será transformado numa realidade de sustentabilidade em água para produção e consumo no semiárido.

Fotos do Projeto:

Eu, sem emprego, certo? E vi que isso poderia dar certo, poderia dar certo. Então fiz dois canteiros e ofereci aqui umas verdurinhas pros vizinhos e eles compraram. Então isso me incentivo e eu digo “rapaz, isso aqui vai dar certo”. “E agora por onde é que eu começo? Por que isso daí precisa de dinheiro.” É uma logística, tem que comprar uma irrigação, uma série de coisas. Convidei o Ualison (agente) a visitar a propriedade. Então ele veio, certo? Olhou. Uma coisa que eu achei interessante é que ele acreditou na atividade, mais do que eu! Então ele falou: “vai dar certo”.

Seu Fábio

Amontada - Ceará

Quando eu cheguei nem poço tinha, nem água tinha. Eu pegava água da casa do vizinho. Aí quando o inverno chegou eu comecei a pegar água lá da minha lagoa, do meu brejo lá. Aí, quando o verão chegou eu fiz um empréstimo e cavei este cacimbão aí. Aí depois eu fiz outro empréstimo e cavei aquele outro. Aí facilitou, né? Porque fiquei com a água em casa, aí facilitou, não precisamos mais ir tirar em casa de vizinho.

Seu Airton

Itapipoca - Ceará

Nós fizemos um cacimbão para o nosso consumo, da nossa casa, e para dar aos nossos bichos, que nós temos. Tem duas ovelhas, um casal de ovelhas, e uma garrota. Aí a gente construiu, fez o projeto, para construir o cacimbão para tirar água para eles e para a gente também, pro consumo da gente também.

Dona Railane

Itapipoca - Ceará

Share This